Voltar para a pagina de entrada

SECÇÃO DE GENEALOGIA DE JOÃO CARLOS SHEARMAN DE MACEDO ALVARENGA

Última actualização em Julho 2015

Esta secção compreende os seguintes capitulos

1. Introdução

2. Conteudo desta base de dados - informações

3. Fontes

4. Costados

5. Família Alvarenga e afins

6. Ficheiros para descarregar

Introdução

Embora seja um tema bastante interessante, não iremos neste trabalho debruçarmo-nos sobre as origens do apelido Alvarenga, nem dos títulos nobiliarquicos a ele associados.

Isto não quer dizer que não possamos mais tarde abordar este tema, o qual se encontra abundantemente documentado nos livros de genealogia e heraldica.

De momento, e por ser um tema que o nosso muito amigo Com.te Alvarenga apreciava, limitamo-nos a apresentar duas breves resenhas, respigadas do Geneall, e que se encontram no capítulo Costados, uma sobre os Alvarengas e outra sobre os Macedos.

Conteudo desta base de dados - informações

Pelos comentários recebidos acerca da nossa base de dados familiar - Fiadeiro - , não é fácil conseguir apresentar os dados de forma clara e intuitiva, principalmente quando é extensa, que não é o caso desta, que só tem 192 pessoas neste momento, mas mesmo assim, tivémos o cuidado de diversificar as formas de apresentar, de forma a satisfazer diferentes públicos alvo, especificando: uma apresentação global em HTML, clássica, e diversas em PDF, mais fáceis de dar ideia relacional e de conjunto.

As apresentações em PDF estão particularmente vocacionadas para serem impressas e montadas, um vulgar trabalho de corte e cola, acessível a qualquer um.

A mais simples de todas é a lista abreviada, que tem apenas 6 folhas e que permite fazer uma consulta simples e rápida, de todos o nomes em sequência alfabetica, e respectivas datas de nascimento, casamento e óbito, quando disponíveis.

Atenção que os da, de, do e d' em penultimo lugar do nome, são considerados associados ao apelido e, como tal apresentados à frente do apelido. Isto é uma caracteristica dos programas de genealogia

A lista completa contem, além do que consta na lista abreviada, os registos paroquiais, caso existam, mas tem 18 folhas.

Fontes

A credibilidade de um trabalho mede- se pela indicação das fontes.

Neste caso, foi usado o site www.geneall.net, que contem bastante informação e que, pelo facto de estar acessível ao público, dispensa de ocultar dados biográficos sem autorização dos próprios, uma vez que eles já estão na praça pública.

A outra grande fonte, e esta imbatível em credibilidade, são os registos paroquiais.

De início, só podíamos, aqui em Lisboa, servirmo-nos da Torre do Tombo, das igrejas dos Mormons, e comprando fotocópias aos arquivos distritais, para além dos contributos pessoais do C.te Alvarenga e de outros familiares que tiveram a amabilidade de mos facilitarem.

Neste momento, está em curso um louvável processo de digitalização destes registos em todo o país, o que permite pesquisar em casa, sem custos e com a vantagem de podermos gravar imagens digitais dos assentos, mas continuam a ser horas e horas de atenção ao computador, fora o trabalho de as transcrever para texto!

Como este trabalho ainda não está concluído, pela dificuldade de acesso a registos que nos interessam, e por não ser esta a única base de dados em que estamos envolvidos, não podemos agora comprometer-nos com datas para voltar a trabalhar nesta em particular, a menos que surja alguma pergunta ou solicitação de algum interessado, o que só acontece de vez em quando.

As alterações feitas nesta data resultam do desafio colocado pelo Marcelo Cavalcanti Deschamps d' Alvarenga, filho do Capitão de Mar e Guerra do Brasil Constâncio Deschamps Cavalcanti d' Alvarenga, primo direito do nosso anfitrião Comte. Alvarenga, ambos oficiais de marinha com o mesmo posto e filhos de dois irmãos gémeos, respectivamente, Raul e Carlos Kol d' Alvarenga.

Este desafio é a melhor recompensa para quem se empenha nestas lides, pois demonstram o interesse pelo trabalho.

Fica aqui expresso o meu especial agradecimento ao Marcelo.

Costados

FAMÍLIA ALVARENGA

Historia

Procede esta família de D. Egas Moniz, o célebre aiso de D. Afonso Henriques, e de sua segunda mulher D. Tereza Neto, de quem foi neto D. Egas Afonso casado com D. Sancha Pais, pais de Alda, Paio, Lourenço e Pedro Viegas de Alvarenga, de quem ficou descendência que continuou este apelido, retirado da localidade de Alvarenga, na provincia da Beira.

Para melhor compreensão, apresentamos um trabalho da autoria de José Augusto de Sotto Mayor Pizarro - Linhagens medievais portuguesas - genealogias e estratégias (1279 - 1325 ) - vol 1 - 4.6.2 - Alvarenga

Linhagens medievais portuguesas - genealogias e estratégias (1279 - 1325 ) , em PDF

Armas

De veiros, com três faixas de vermelho.

Timbre: um leão sainte de veiros e lampassado de vermelho.


FAMÍLIA MACEDO

Historia

Nome de raízes toponímicas, deriva da designação da vila de Macedo de Cavaleiros.

O mais remoto indivíduo que se conhece a usar este apelido é João Gonçalves de Macedo, que foi parcial de D. Afonso, futuro D. Afonso IV, nas lutas que este teve contra seu pai, o rei D. Dinis.

Pela composição das armas dos Macedos pensam alguns autores poderem eles ser um ramo dos Monizes ou, mais provavelmente descendentes ou de qualquer modo ligados à linhagem dos «de Riba-Douro» ou a uma das famílias que dela procedem.

Armas

De azul, cinco estrelas de seis raios de ouro, postas em aspa.

Timbre: um braço vestido de azul, com uma maça de armas de ouro, armada de prata.

Família Alvarenga e afins

Embora o nucleo principal deste trabalho seja a linha Alvarenga, encontramos outros ramos, ou linhas, com bastante interesse, como os Kol, os Quadrio, os Macedo, Tomazini, etc, que nos levaram a abrir o leque da pesquisa e só não as tratámos todas separadamente, por não terem expressão numérica suficiente para as destacar, uma vez que são fácilmente perceptíveis nos diagramas apresentados, especialmente os que comportam a referência "completa".

De momento, apenas conseguimos começar a explorar os ramos Kol e Quadrio, para os quais dispomos os dados provisórios abaixo indicados.

Apresentamos a seguir os links bastando clicar neles para abrirem no computador.
Para descarregar estes ficheiros, clicar com o "rato DIREITO" e seleccionar Salvar como ou Save as, escolher o destino e Salvar ou Save.
O segundo vai zipado, por ser um directório, o qual deverá ser descomprimido e enviado para onde quizer ; dento dele, o ficheiro index.htm é o que deve ser usado para abrir a base de dados:

Base de dados completa em HTML - só para leitura

Base de dados completa em HTML - zip - para descarregar

Carta genealógica JCSMAlvarenga completa, em PDF

Descendentes de João Ferreira Machado (Alvarenga) em PDF

Lista abreviada -Julho 2015 em PDF

Lista completa - Julho 2015 em PDF

Ramo Kol em PDF

Ramo Quadrio em PDF

Linhagens medievais portuguesas - genealogias e estratégias (1279 - 1325 ) , em PDF

Ficheiros para descarregar

Para quem se interessa pela genealogia e nela trabalha, junto um programa que tem a particularidade de poder apresentar em simultâneo, dual panne, uma imagem (formato imagem ou pdf) e um painel que é um editor de texto.
Isto permite fazer um OCR manual, ou seja fazer a transcrição sem ter que andar a alternar entre a imagem e o texto.

Transcript